segunda-feira, 24 de maio de 2010

Entrevista com Elô Bueno.


Ahhhhh !!!!! a semana começa muito boaaaa!!!!!
Hoje vou publicar a entrevista da Elô Bueno uma mãe, blogueira, crafteira e muito talentosa!
Estes são os cantinhos da Elô na net:
Para muitos ela dispensa apresentações... ela é autora dos "DIVINOS" e de corações que só ela sabe fazer, pois ela imprime "pedaços de amor" em tudo que faz.
Agora depois da mini entrevista captei bem o que ela diz com sua marca "Pedaços de Amor"

Elô muito obrigada pelo carinho e pelos ensinamentos!
Vale a pena ler eu me emocionei.
Bjkas e vamos lá!


Foto do arquivo pessoal da Elô. Familia reunida.

Elô fale um pouco de você e dos seus filhos

Tenho 4 filhos, duas meninas e dois meninos. Todos de parto normal! A diferença de idade entre eles varia bastante, exceto pelos dois do meio (Duas meninas de 18 e 11 anos e dois meninos de 13 e 5 anos). Tenho todas as fases dentro de casa. Isso facilita em algumas coisas e dificulta em outras. Mas ter muitos filhos sempre foi um sonho meu, agora realizado! A gente aprende muito com os filhos, sempre!

Você planeja o futuro dos seus filhos?

Trabalho sempre pensando em deixar uma base para eles seguirem em frente. Nesse sentido sim.

Na sua opinião, dar limites é dar amor?

Sim, desde que esses limites não se transformem numa imposição. Mas aprendi isso com o passar dos anos. No início eu achava que se desse "ordens" a coisa funcionaria melhor. O melhor mesmo é conversar e respeitar a personalidade de cada um. O jeito que eu lido com um nunca é o mesmo que lido com outro. Cada um tem um "ponto" que pega...

Você acha que os filhos devem ser criados para o mundo ou prefere que todos fiquem sempre pertinho da família?

Acho que eles devem ser orientados para enfrentar o mundo. Jamais gostaria de ver meus filhos estagnados apenas por apego meu a eles. Família é bom sim, mas cada um precisa formar a sua!

Teus filhos te ajudam?

As vezes sim, muitas vezes não! rs

Você tem quatro filhos, a educação de cada um mudou ao longo da sua maternidade?

Mudou porque a gente amadurece. O primeiro filho sempre sofre mais na mão da gente, eu acho...Ao longo da vida a gente vai aprendendo a enxergar outros ângulos para educar. Meu filho menor tem mais liberdade do que os outros tiveram, por eu ter aprendido que não adianta a pessoa TER que obedecer. Ela também vai aprendendo através dos exemplos que ela tem...

O que você mais gosta de e o que você menos gosta fazer com seus filhos?

Antes de dormir eu costumo juntar todo mundo em cima da minha cama! É a hora de brincar, conversar, e muitas vezes brigar também...rs
E o que eu menos gosto, gostando, é quando acontece de eu acordar no meio da noite e perceber que tá todo mundo ali ainda. Isso acontece com frequência. Passo o dia com dor no corpo..rs.. Mas é como eu disse: não gosto gostando!

O que você mais teme na vida?

Hoje não tenho muitos temores. Acho que quando a gente tem filhos, o que mais se teme é pelo futuro deles, quando a gente faltar. Mas penso que se conseguirmos dar uma base para eles, inclusive espiritual, a coisa flui naturalmente. Aprendi que medo só atrapalha a vida

Se a você fosse concedido a realização de 3 desejos, quais seriam?

Queria muito ver as pessoas acreditarem mais em Deus. Não só da boca pra fora.
Que cada um dos meus filhos consigam realizar seus sonhos se estes forem bons pra eles!
Em termos materiais, eu pediria pra minha casa nova ficar pronta logo. Rápido! rs
Deixe uma mensagem aos leitores do Mãe Canguru.

Criar filhos nos dias de hoje não tem sido uma tarefa fácil. Os valores que mostramos pra eles dentro de casa na maioria das vezes não são compatíveis com o que eles observam fora dela. Mas não devemos desistir, nem achar que é impossível mostrar pra eles uma forma de ver um mundo melhor. Os filhos quase nunca ouvem o que os pais dizem, principalmente quando estão entrando na adolescência. Mas observam os exemplos que têm dentro de casa. Isso sim, é muito importante. E no fim, a gente percebe que aprendeu bastante criando os nossos filhos!

Linda lição!
bjksa e tudo de bom pra você e para os seus fofos!
:)


3 comentários:

MÁRCIA MARINHO disse...

Aiiiiiiiiiii que entrevista linda e com uma pessoa que é mais do que iluminada. A Elô, eu a costumo chamar de "ídala guerreira". Admiro e amo muito essa pessoa.
Beijos pra vocês e parabéns ótimo começar a semana assim...

Mãe canguru disse...

Oi Marcia, Concordo com vc em tudinho!
bjkas e volte sempre
Karla

Eloisa disse...

Ah, meninas...!!!

Karla, sempre tenho dificuldade em falar de mim...mas adorei ter sido entrevistada! Espero que ajude algumas mães!